ACABAMENTOS PARA BOLO DE CASAMENTO

Acabamentos e Coberturas

bolo de casamento é a grande estrela da mesa de doces. Mas vocês sabiam que existe uma grande variedade de acabamentos e coberturas com sabores e estilos bem diferentes? Para nos aprofundar mais nos assunto, pedimos para alguns renomados confeiteiros indicarem os principais tipos de cobertura para bolo de casamento – e os prós e contras de cada um deles.

FONDANT / PASTA AMERICANA / PASTA DE AÇÚCAR 

pasta americana, também conhecida como fondant ou pasta de açúcar, é a cobertura mais utilizada em bolos de casamento. Na maioria das vezes, vemos na cor branca, mas há uma infinidade de cores possíveis (para a foto ao lado,  por ex., escolhemos um bolo azul). Sua consistência mais sólida proporciona ao bolo um efeito liso perfeito. Feita basicamente de açúcar, glicose, gelatina incolor e glicerina, não é recomendado que ela fique sob refrigeração, pois necessita de cuidados com a umidade.

VANTAGEM:

Além de ser a cobertura com melhor acabamento estético, o fondant conserva o bolo durante todo o casamento, sem precisar de refrigeração, e não derrete.

“A pasta americana tem o melhor acabamento visual dentre todas as coberturas e permitir a aplicação de flores e todo tipo de decoração”.

DESVANTAGEM:

A grande desvantagem do fondant é que ela não é tão gostosa quanto as outras coberturas, mas o que sempre explico para as clientes é que a parte interna do bolo é que deve ser comida e muitas vezes mando caldas diversas à parte”.


BUTTERCREAM

butttercream – ou creme de manteiga, em português – é uma das coberturas de bolos de casamento mais populares nos Estados Unidos (por isso que vemos tanto nos blogs americanos!). Sua textura é cremosa, suave e um tanto gordurosa. Para casamentos ao ar livre, é importante tomar cuidado com o calor e a umidade, pois a cobertura pode derreter.

VANTAGEM:

“O buttercream pode ser usado em dois momentos: como uma camada pra nivelar o bolo antes de receber a pasta americana ou como decoração final. Saboroso, é uma ótima alternativa para cobrir bolos e deixá-los com a carinha ‘homemade’”.

DESVANTAGEM:

Infelizmente o buttercream não agrada muito o paladar brasileiro, pois contém muita manteiga, além de não conservar tanto o sabor do bolo quanto o fondant. Outra desvantagem é que ele não resiste tanto ao calor”.


MERENGUE

Há, basicamente, três tipos de merengues: o francês, o suíço e o italiano. O francês é bem leve e delicado, muito usado para confeitar. O suíço é mais firme que o francês, mas não é tão estável quanto o italiano. Já o merengue italiano (marshmallow) é o mais firme e o mais indicado para coberturas.

VANTAGEM:

Fleur de Sucre: “O merengue tem uma cara mais ‘desarrumada’, dando um acabamento mais rústico ao bolo, o que pode ser bastante interessante. Além de ser delicioso.”

DESVANTAGEM:

The King Cake: Os merengues não aguentam muito o calor e qualquer outra decoração feita de açúcar que é aplicada sobre essa superfície tem grande possibilidade de estragar (melar). Não são indicados para regiões ou dias muito quentes, por conta da pouca durabilidade fora de refrigeração“.


GLACÊ REAL

Antes de Kate e William, todos os bolos de casamentos reais na Inglaterra foram cobertos e decorados com glacê real (o de Kate e William foi coberto com pasta de açúcar). Feita à base de clara de ovo, suco de limão e açúcar de confeiteiro, a glacê real é usada principalmente para criar detalhes precisos que devem se manter firmes.

VANTAGEM:

The King Cake: “É uma glacê que quando seca fica bem rígida. Se bem coberto, o bolo com glacê real fica reto, com um liso perfeito. Por ser mais fluída na hora da aplicação, permite fazer detalhes decorativos que a pasta americana não permite.”

DESVANTAGEM:

Não é recomendado cobrir o bolo direto com essa glacê , pois ela pode melar, uma vez que absorve a umidade do bolo. Por isso, ela sempre recebe uma camada de marzipã antes – e nem todo mundo gosta de marzipã no Brasil. Por ser mais difícil de se trabalhar, exige muita prática do confeiteiro.


CHOCOLATE

chocolate é uma versão, digamos, “moderninha” de cobertura. Com uma camada mais durinha em volta do bolo, pode ganhar diversos sabores.

VANTAGEM:

Nessa versão, o bolo é sempre ‘apetitoso’  – por inteiro!

DESVANTAGEM:

A superfície frágil do chocolate não permite que trabalhemos tantos detalhes decorativos quanto a pasta americana, por exemplo, mas ainda podemos colocar fitas, noivinhos no topo e alguns enfeites.


BOLO ABERTO

Apesar de não levar cobertura, o bolo aberto (ou bolo desconstruído) virou tendência depois do casamento de Hillary Duff e, por isso, não poderia deixar de estar aqui. Além de estar ganhando cada vez mais espaço em casamentos, também pode ser uma boa escolha para um chá de cozinha ou festa de noivado.

VANTAGEM:

Os bolos abertos são delicados e divinos! Como podemos ver o pão-de-ló fofinho e o recheio, eles enchem os olhos e abrem o apetite! Além disso, são super aromáticos.

DESVANTAGEM:

Uma desvantagem, não tão grave, é que o bolo precisa ser montado na hora, por dois motivos: 1) pois transportá-lo já montado seria bastante arriscado e 2) para que seja servido bem fresquinho, já que por estar exposto, ele seca mais rápido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Web Analytics